Notícias

A palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina"


A palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina
"Ele diz que tá com vírus. E ninguém acredita. Mentiu demais.

  DOCUMENTOS PERDIDOS SHOPPING

A palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina"
"Ele diz que tá com vírus. E ninguém acredita. Mentiu demais. Terminou assim: a palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina", afirmou o jornalista Rodrigo Vianna

247 -  O jornalista Rodrigo Vianna alertou para a falta de credibilidade das palavras de Jair Bolsonaro, supostamente infectado pelo coronavírus. 

"Se qualquer pessoa disser que testou positivo pro Coronavirus, a gente acredita e deseja sorte no tratamento. Há uma exceção apenas: o presidente. Ele diz que tá com vírus. E ninguém acredita. Mentiu demais. Terminou assim: a palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina", escreveu o jornalista no Twitter.

Nos três exames anteriores, Bolsonaro usou os nomes de Airton, Rafael e 05. De acordo com ele, por razões de segurança. Agora o nome usado foi Jair Messias Bolsonaro.

Após dizer que foi infectado pela Covid-19, nesta terça-feira (7), Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina para o tratamento de pessoas diagnosticadas com a doença.

    


ENTRE EM CONTATO CONOSCO

contato@documentosperdidos.com.br

Cariacica/ES

O Portal Documentos Perdidos é um Ferramenta gratuita que possibilita o cadastro e consulta de documentos que foram perdidos, contando também com um cadastro de pessoas desaparecidas.
COMPARTILHEM NOSSO SITE EM SUAS REDES SOCIAIS