Notícias

Transplantes de órgãos caem 37% no Brasil por causa da covid-19


Transplantes de órgãos caem 37% no Brasil por causa da covid-19
Segundo Ministério da Saúde procedimentos chegaram a ser paralisados em alguns estados

SHOPPING VIRTUAS COMP

Transplantes de órgãos caem 37% no Brasil por causa da covid-19

Segundo Ministério da Saúde procedimentos chegaram a ser paralisados em alguns estados

Dados do Ministério da Saúde indicam queda de 37,1% nos transplantes de órgãos no Brasil este ano, frente aos resultados de 2019. O declínio é relativo ao período de janeiro a julho. No ano passado, foram realizados 9.952 procedimentos e agora o registro foi de 5.827 cirurgias. Segundo o governo, o problema se intensificou a partir de março, quando a epidemia do novo coronavírus passou a crescer sem controle no país.

Os cenários mais críticos foram observados nos estados que passaram por esgotamento ou sobrecarga nos sistemas de saúde. O governo não detalhou a situação específica de cada região, mas diz ter identificado locais em que os programas de transplante chegaram a ser paralisados. Houve queda de 8,4% nas doações em relação ao ano passado.

No entanto, esse declínio não explica a diminuição de quase 40% nos procedimentos. O impacto maior veio da falta de condições de atendimento por causa da pandemia e das limitações de logística no transporte de órgãos e equipes.

No caso dos transplantes de medula óssea, a redução registrada chegou a 25,82%. Os transplantes de coração caíram 25,10%. O governo afirma que a situação caminha para a normalidade.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, houve unidades dedicadas a esses procedimentos que conseguiram manter as unidades em funcionamento e livres da covid-19. Hospitais de grande porte tentaram absorver as demandas de locais menores.

A pasta informou que não foi registrado nenhum infectado entre as pessoas que passaram por cirurgias dessa natureza. Hoje há mais de 46 mil pessoas a espera de um transplante no Brasil. 

Números da covid no Brasil

O total de infectados pela covid-19 no Brasil, desde que o coronavírus foi registrado pela primeira vez em território nacional, é de 4.657.702 de pessoas. Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde mostram que foram confirmados 32.817 casos somente nesta quinta-feira (24). O número de mortes chegou a 139.808, com 831 registros em 24 horas.

Pesquisa da Universidade Federal de Pelotas, no entanto, indica subnotificação nos números. A estimativa é que, somente entre maio e junho, apenas uma em cada dez infecções tenha sido registrada oficialmente. O inquérito sorológico aponta ainda um risco maior de contaminação entre populações mais pobres e indígenas.

Segundo o estudo, a população com faixa de renda menor tem duas vezes mais chances de ser infectada do que os mais ricos. Entre os indígenas, a presença de anticorpos para a covid-19 foi quatro vezes maior do que o observado nas pessoas brancas. 

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.


ENTRE EM CONTATO CONOSCO

contato@documentosperdidos.com.br

Cariacica/ES

O Portal Documentos Perdidos é um Ferramenta gratuita que possibilita o cadastro e consulta de documentos que foram perdidos, contando também com um cadastro de pessoas desaparecidas.
COMPARTILHEM NOSSO SITE EM SUAS REDES SOCIAIS